Quem são os acusados pela CPI da Covid

Foto: Pedro França

O relatório de Renan Calheiros na CPI da Covid será lido nesta quarta (20). O documento de 1.178 páginas é dividido em 16 capítulos e lista o total de 67 pessoas e duas empresas. Para o relator do colegiado, foram cometidos mais de 20 crimes diferentes.

Entre os acusados estão o núcleo duro do governo, aliados do presidente, membros do “gabinete paralelo”, funcionários do Ministério da Saúde, criadores, financiadores e disseminadores de fake news, envolvidos em casos de corrupção na compra de vacinas ou em contratos, o núcleo da Prevent Senior, entre outros.

Veja a lista completa dos 69 citados no relatório final da CPI da Covid

Núcleo duro do governo

1) Jair Bolsonaro (presidente da República)

2) Eduardo Pazuello (general e ex-ministro da Saúde)

3) Marcelo Queiroga (atual ministro da Saúde)

4) Onyx Lorenzoni (ex-ministro da Cidadania e atual ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência)

5) Ernesto Araújo (ex-ministro das Relações Exteriores)

6) Wagner Rosário (ministro-chefe da Controladoria Geral da União)

7) Walter Braga Netto (ex-ministro Chefe da Casa Civil e atual ministro da Defesa)

8) Filipe G. Martins (assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência)

9) Técio Arnaud Tomaz (assessor especial da Presidência)

Família e aliados do presidente

10) Flávio Bolsonaro (senador e filho “01” do presidente)

11) Carlos Bolsonaro (vereador e filho “02” do presidente)

12) Eduardo Bolsonaro (deputado federal e filho “03” do presidente)

13) Bia Kicis (deputada federal)

14) Carla Zambelli (deputada federal)

15) Osmar Terra (deputado federal)

16) Fábio Wajngarten (ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social)

17) Carlos Jordy (deputado federal)

18) Roberto Jefferson (ex-deputado e atual presidente do PTB)

Suspeitos de integrar “gabinete paralelo”

19) Arthur Weintraub (ex-assessor da Presidência da República)

20) Nise Yamaguchi (médica)

21) Carlos “Wizard” Martins (empresário bolsonarista)

22) Paolo Zanotto (biólogo)

23) Luciano Dias Azevedo (médico)

Membros do Ministério da Saúde

24) Coronel Élcio Franco (ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde)

25) Mayra Pinheiro (secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde)

26) Roberto Ferreira Dias (ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde)

27)) Marcelo Blanco da Costa (ex-assessor do Departamento de Logística do Ministério da Saúde)

28) Airton Soligo (ex-assessor especial do Ministério da Saúde)

Criadores, financiadores e disseminadores de fake news durante a pandemia

29) Luciano Hang (empresário bolsonarista, dono da rede de lojas Havan)

30) Allan dos Santos (ativista bolsonarista responsável pelo site Terça Livre)

31) Paulo de Oliveira Eneas (editor do site bolsonarista Crítica Nacional)

32) Otávio Oscar Fakhoury (empresário bolsonarista)

33) Bernardo Küster (ativista e influencer bolsonarista)

34) Oswaldo Eustáquio (ativista e influencer bolsonarista)

35) Richards Pozzer (artista gráfico)

36) Leandro Ruschel (ativista e influencer bolsonarista)

37) Roberto Goidanich (diplomata, ex-presidente da Fundação Alexandre de Gusmão, ligada ao Itamaraty)

Figuras envolvidas em casos de corrupção na compra de vacinas ou em contratos

38) Ricardo Barros (deputado federal)

39) José Ricardo Santana (ex-secretário da Anvisa)

40) Cristiano Alberto Hossri Carvalho (representante da Davati no Brasil)

41) Luiz Paulo Dominguetti Pereira (representante da Davati no Brasil)

42) Rafael Francisco Carmo Alves (intermediador nas tratativas da Davati)

43) José Odilon Torres Da Silveira Júnior (intermediador nas tratativas da Davati)

44) Emanuela Batista de Souza Medrades (diretora-executiva e responsável técnica farmacêutica da empresa Precisa)

45) Túlio Silveira (consultor jurídico da Precisa)

46) Francisco Emerson Maximiano (sócio da Precisa)

47) Danilo Berndt Trento (diretor de Relações Institucionais da Precisa)

48) Marconny Albernaz de Faria (lobista)

49) Marcos Tolentino da Silva (advogado e sócio da empresa Fib Bank)

50) Raimundo Nonato Brasil (sócio da empresa VTCLog)

51) Andreia da Silva Lima (diretora-executiva da VTCLog)

52) Carlos Alberto de Sá (sócio da VTCLog)

53) Teresa Cristina Reis de Sá (sócia da VTCLog)

54) Emanuel Cartori (sócio da Belcher Farmacêutica)

Núcleo da Prevent Senior

55) Fernando Parrillo (dono da Prevent Senior)

56) Eduardo Parrillo (dono da Prevent Senior)

57) Pedro Benedito Batista Júnior (diretor-executivo da Prevent Senior)

58) Daniella de Aguiar Moreira da Silva (médica)

59) Carla Guerra (médica)

60) Rodrigo Esper (médico)

61) Fernando Oikawa (médico)

62) Daniel Garrido Baena (médico)

63) João Paulo F. Barros (médico)

64) Fernanda de Oliveira Igarashi (médica)

65) Paola Werneck (médica)

Acusados diversos

66) Mauro Ribeiro (presidente do Conselho Federal de Medicina – CFM)

67) Flávio Adsuara Cadegiani (médico)

Empresas

68) Precisa Medicamentos

69) VTCLog

Relatório final da CPI é lido em sessão do colegiado

O documento está sendo lido nesta quarta (20) por membros da CPI da Covid.

Via Diário do Centro do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *