CPI da Covid cria canal para receber denúncias sobre irregularidades na pandemia

Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado

O vice-presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), anunciou nesta terça-feira (05) a criação de um canal para receber informações e denúncias sobre irregularidades praticadas durante a pandemia.

Segundo o senador, o objetivo do canal é “proteger médicos, profissionais de saúde e o povo, encontrando irregularidades que custaram vidas”. As denúncias ou informações podem ser enviadas para o email cpipandemia.denuncias@senado.leg.br.

Veja abaixo a explicação de Randolfe Rodrigues sobre a iniciativa.

Explicou Randolfe:

“ATENÇÃO! Agora a CPI tem um canal para receber denúncias. Através do endereço cpipandemia.denuncias@senado.leg.br, estamos recolhendo informações de todo tipo envolvendo o combate à pandemia. É importante, no entanto, destacar alguns pontos:

1. O canal é p/ proteger médicos, profissionais de saúde e o povo, encontrando irregularidades que custaram VIDAS. Sabemos que muitos morreram não apenas de Covid, mas em decorrência da má gestão e/ou imposição de uso de medicamentos por parte de empresas como a Prevent Senior.

2. As grandes corporações envolvidas em esquemas que utilizavam as pessoas como cobaias e pressionavam médicos à receitar medicamentos, essas sim, ferindo a autonomia médica, precisam ser punidas.

3. Queremos identificar todos os envolvidos em testes sem autorização, receitas dadas de forma genérica e irresponsável devido a pressões das corporações, e todos os responsáveis por pressão sobre os médicos no tratamento dessas pessoas.

4. A CPI não pretende perseguir nenhum médico ou profissional de saúde que atuou de boa-fé com base em suas convicções e autonomia. Pelo contrário, pretende protegê-los das grandes corporações que atuaram com objetivo claro de lucrar com a morte de brasileiros”, twittou o senador.

Via Diário do Centro do Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *