Alto Comando do Exército apoia punição de Pazuello

O comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira, tem o apoio unânime do Alto Comando para punir o general e ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que participou de ato golpista com o presidente no Rio.

É proibido a militares da ativa participar de manifestações políticas, no entanto, o delito não é considerado um crime, mas uma indisciplina.

Portanto, é mais provável que haja uma advertência e uma solicitação de que vá para a reserva.

VIA DCM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *