Militar do Exército é preso em Niterói após roubar carregamento de carne de quartel para vender

Um soldado do Exército foi preso nesta sexta-feira (19), em Niterói (RJ), acusado de roubar um carregamento de carne de um quartel para vender. O carregamento seria de picanha.

O militar é lotado no Grupo de Artilharia em Campanha, no bairro de Jurujuba, e foi abordado por policiais militares próximo à unidade do Exército. Os agentes desconfiaram do peso de seu carro.

Ao ser abordado, segundo o site Plantão em Foco, o soldado se identificou como militar do Exército e disse que havia comprado as carnes. Ele revelou que as desviou do quartel, no entanto, quando os policiais pediram a nota fiscal da compra, revelando ainda que recebeu a ajuda de um cabo da mesma unidade militar.

O homem foi encaminhado à delegacia de Jurujuba e, por ser militar, ficará preso no próprio quartel.

Em nota, o Comando Militar do Leste informou que tomou medidas cabíveis e que um Inquérito Policial Militar foi instalado. O Exército diz ainda que “não compactua com qualquer tipo de conduta ilícita por parte de seus integrantes”.

VIA REVISTA FÓRUM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *