Ministério da Educação de Bolsonaro tem menor investimento desde 2015

Os investimentos do MEC (Ministério da Educação) nos dois primeiros anos do governo Jair Bolsonaro (sem partido) foram os menores desde 2015. A situação tem impacto nas instituições de ensino superior e técnicas federais.(…)

No primeiro ano de gestão Bolsonaro, em 2019, o ministério executou apenas R$ 39 milhões das rubricas inscritas como investimentos, em valores atualizados pela inflação. O montante equivale a 6% do previsto no Orçamento.(…)

Os investimentos não acompanham também a evolução do número de alunos de ensino superior

. De 2015 a 2020, o total de matrículas cresceu 10% na rede (universidades e institutos federais).

Via DCM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *