Bolsonaro tem 15 dias para apresentar provas ao TSE sobre fraudes em urnas

Após decisão do ministro Luís Felipe Salomão, corregedor do tribunal, nesta segunda-feira (21), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem 15 dias para apresentar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) evidências sobre supostas fraudes eleitorais apontadas por ele, até então sem provas.

Salomão também iniciou um procedimento administrativo para verificar se algum fato concreto comprometeu as eleições de 2018 e 2022, com o objetivo de aprimorar as eleições do ano que vem.

VIA DCM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.