Bolsonarista, prefeito de Porto Alegre conclama pessoas a morrerem pela economia (VÍDEO)

Sebastião Melo lançou um vídeo chocante dizendo que as pessoas devem contribuir “com a sua vida” para “que a gente salve a economia” durante a pandemia de Covid-19

Sebastião Melo e Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução | Alan Santos/PR)

Num vídeo de apenas 10 segundos, o prefeito de Porto Alegre, o bolsonarista Sebastião Melo (MDB) conclamou as pessoas nesta quinta-feira (25) a morrerem para salvar a economia na pandemia. A retórica de Melo é a condensação de toda a lógica bolsonarista na pandemia de Covid-19:

Dê a sua contribuição, contribui com a sua família, com a sua cidade, com a sua vida …. [pausa teatral] pra que a gente salve a economia do município de Porto Alegre”.

Assista:

Antes de sua convocação ao sacrifício das pessoas pela economia, Melo anunciou que, mesmo em meio à calamidade, não irá fechar nem mesmo parques, praças e orlas: “Tivemos uma profunda discussão, de fechar parques, praças e orlas. Queremos fazer um apelo à população. Não ocupem os espaços públicos. Nós não vamos, em um primeiro momento, fechar a Orla, mas se a população não atender o pedido do governo, nós vamos fechar. Não gostamos de fazer nada por decreto. Contribua com sua família, sua cidade, sua vida para que a gente salve a economia do município de Porto Alegre”.

Segundo o analista Jeferson Miola, “Porto Alegre está a um passo de se transformar na Manaus do sul do Brasil. Qualquer porto-alegrense que for contaminado e tiver o infortúnio de agravamento da doença, recebe uma sentença de morte”.

Para Miola, “Numa democracia, Melo/MDB seria imputado criminalmente, e jamais teria a permissão de permanecer à frente de qualquer boteco, menos ainda da administração de qualquer cidade. A política genocida de Bolsonaro está sendo executada na sua plenitude em Porto Alegre!”

Via Brasil247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *