Sem máscara, Bolsonaro passeia pelas ruas de Brasília e promove aglomeração

Nos diversos pontos que o presidente visitou, a maioria das pessoas que se aproximaram dele também não usava máscara para prevenção ao coronavírus

Imagem: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro fez um passeio de moto por Brasília neste domingo, 10. O chefe do Executivo deixou o Palácio da Alvorada por volta das 9h43, parou em diversos pontos da capital e falou com apoiadores. O presidente não usou máscara de proteção contra a covid-19 em nenhum momento.

A primeira parada foi na Torre de TV Digital de Brasília, nas proximidades do Paranoá, a cerca de 30 km da residência oficial. Depois, o presidente parou em um campo de terra e cumprimentou jogadores que participavam de um jogo de futebol. O presidente também tirou fotos com apoiadores que se aproximaram.

Nos diversos pontos que Bolsonaro visitou, a maioria das pessoas que se aproximaram do presidente também não usava máscara para prevenção ao coronavírus. De acordo com os dados do Ministério da Saúde divulgados ontem, o País já registra 202.631 óbitos pela doença e um total de  8.075.998 de contaminados.

O presidente também parou em um posto da Polícia Rodoviária Federal. Durante todo o trajeto, a equipe de segurança do presidente não deixou a imprensa se aproximar. Os seguranças tentaram impedir perguntas de repórteres ao presidente, mesmo estando em locais públicos. “Apenas imagens”, disse um deles.

Antes de voltar ao Alvorada, o presidente parou ainda em um quiosque na beira do Lago Paranoá. Novamente sem máscara e acompanhado de seguranças, Bolsonaro causou aglomeração para tirar fotos. Ao chegar ao Palácio, o presidente não falou com a imprensa, mas conversou com apoiadores.

Mais cedo, Bolsonaro conversou com uma criança que o esperava na saída do Alvorada. A menina, de 8 anos, afirmou que os pais votaram nele em 2018 e pediu que o presidente gravasse um vídeo para a irmã que, segundo ela, é fã do presidente.

“Fiquei sabendo que você convenceu seus pais a votarem em mim em 2018. Então, quero agradecer todo esse apoio, toda essa consideração e todo empenho seu. O que eu espero, graças a Deus, quando eu deixar o governo lá na frente, deixar um Brasil bem melhor para você, para tua irmã, e para tuas coleguinhas, ok? Um beijo”, disse Bolsonaro.

Por Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *