“Nossa obrigação é transformar a vida das pessoas”, afirma Manuela D’Ávila

Manuela D’Ávila, candidata à Prefeitura de Porto Alegre pelo PCdoB, falou ao “Távola de Fim de Tarde”, da TV 247, que o ponto forte da sua campanha é a conexão com a periferia. “Nossa obrigação”, disse ela, “é transformar a vida das pessoas”.

(Foto: Reprodução/Facebook)

“Queria um programa que fosse além da ideia de resistência, e que nos fizesse pensar o que a esquerda poderia fazer na prática como alternativa a essa gente. É o que eu represento, junto com o PT de Porto Alegre. O povo pobre da nossa cidade, que vive hoje um absoluto abandono, tem uma lembrança muito viva do que é um governo popular, do que é um governo comprometido com o povo”, explicou Manuela.

Jornalista, deputada federal pelo Rio Grande do Sul entre 2007 e 2015, deputada estadual de 2015 a 2019 e candidata a vice-presidente da República na eleição de 2018, Manu disse estar feliz com o que seu grupo político apresenta como alternativa concreta ao que o bolsonarismo representa na prática, fora do discurso e fora das fake news.

“A política municipal, nesse momento, pode nos reconectar com a disputa por uma nova hegemonia. A vitória do nosso campo talvez seja a mais importante na cidade nos últimos 20 anos, porque voltará a fazer diferença com políticas públicas que devolvem a dignidade às pessoas”, disse.

Alvo de violência política fomentada pela extrema direita desde 2015, Manuela continua a sofrer ataques do bolsonarismo. Em 2016 era atacada porque achavam que ia ser candidata a prefeita e já liderava as pesquisas. “Já me agrediram grávida, agrediram minha filha recém-nascida fisicamente, perseguiram meu marido para me fragilizar pessoalmente. Mas as pessoas aqui não acreditam nas ofensas e fake news porque me conhecem desde menina. Na minha primeira eleição, eu tinha 22 anos”, lembra.

Sou atacada porque, naturalmente, sou contra Bolsonaro, sou de esquerda, sou mulher. É tudo que eles detestam”.

Por Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *