Censura: Órgãos vinculados à Cultura precisarão da aprovação de Mario Frias para postar nas redes

Foto: Reprodução

O presidente do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus), Pedro Mastrobuono, enviou aos dirigentes da instituição um documento com os procedimentos a serem realizados para publicações em perfis e redes sociais, seguindo determinação da Secretaria Especial da Cultura.

No começo do mês, Mario Frias enviou ofício às entidades vinculadas informando que todos os posts deverão ser previamente enviados ao secretário para que ele avalie e, se for o caso, autorize o material.

Segundo o documento enviado por Mastrobuono, as publicações “relativas às atividades finalísticas”, exceto notas de pesar e aniversários, devem ser encaminhadas com “a devida antecedência” de no mínimo de 24 horas a dois emails institucionais. “A autorização da Secult será devolvida também por email”, diz o texto.

Via Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *