Pompeo vem ao Brasil para ato hostil contra Venezuela, sob protesto da oposição

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores lançou nota de repúdio à presença anunciada para esta sexta-feira no território nacional do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, na fronteira com a Venezuela

Foto: Rafael Beltrami/MRE

Em nota, a presidenta Gleisi Hoffmann e o secretário de Relações Internacionais Romênio Pereira manifestam “profunda preocupação” com a visita do chefe de Departamento do Estado dos EUA a Boa Vista, capital de Roraima . Ele chega na base área do Exército da cidade por volta das 14h20 desta sexta-feira (18).  “O governo brasileiro, capitaneado por Jair Bolsonaro, demonstra mais uma vez sua submissão aos ditames do governo de Donald Trump”, denunciam em documento. 

Pompeo se encontrará com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, na base aérea de Boa Vista a partir das 16h45. O encontro deve ser acompanhado pela imprensa apenas no início. Depois haverá uma conversa reservada entre os dois e representantes do Departamento de Estado e da Embaixada dos EUA

Pompeo tem visita marcada ao Posto de Identificação e Triagem da “Operação Acolhida” para migrantes venezuelanos, localizado no bairro Treze de Setembro, zona Sul da Capital, a partir das 15h15.

Também está prevista uma visita a Paróquia de Nossa Senhora da Consolata.

Está marcada uma entrevista coletiva às 17h15. Depois, Pompeo segue para Bogotá, onde se encontra com o presidente colombiano, Ivan Duque.

Leia a íntegra da nota do PT:

“O Partido dos Trabalhadores (PT) manifesta uma profunda preocupação com a visita do Secretário de Estado dos Estados Unidos da América (EUA), Mike Pompeo, à cidade de Boa Vista, capital de Roraima.

A tem como objetivo seu encontro com imigrantes venezuelanos no Brasil para expressar seu apoio a esta população que, segundo o governo dos EUA, foge de um suposto regime ilegítimo de Nicolás Maduro.

As alegações contra Maduro são, porém, totalmente infundadas. Não é possível acusar de ilegítimo um governo eleito num processo democrático e legal. Ilegítima é a constante ingerência estadunidense nos assuntos soberanos de outros país.

Causa ainda mais estranheza que esta viagem de Pompeo incluirá também outros países vizinhos da Venezuela, como a Colômbia e a Guiana, além do Suriname, país igualmente próximo.

O governo brasileiro, capitaneado por Jair Bolsonaro, demonstra mais uma vez sua submissão aos ditames do governo de Donald Trump, colocando-se sempre aberto a seguir suas ordens ou receber seus representantes em nosso território, num processo contínuo de afronta a nossa soberania.

O PT não se calará ante mais este ataque a nosso país e seguirá o caminho de sempre em sua defesa, sua total independência nas relações internacionais e a implementação de uma política soberana para toda a América do Sul.

Este é um caminho já trilhado quando ocupamos o governo federal, que se mostrou altamente exitoso não somente para o Brasil, como para seus vizinhos e outras nações em todo o mundo”, finaliza a nota assinada pelos dirigentes petistas.

Via Brasil 247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *